sexta-feira, 23 de abril de 2010

A Policia e La Police

Resolvi escrever agora, meio de subito, enquanto estou vendo o jornal de SP pela internet e vim ouvindo do trabalho as noticias daqui. As duas noticias falavam de abuso da policia local. Mas vamos ver as diferencas.
A noticia local dizia que no verao de 2008 um grupo de policiais foram chamados para o Centro da Cidade, aqui em Quebec, perto do Vieux Quebec onde numa rua onde estava acontecendo uma briga. O policial foi prender uma pessoa, chamou reforcos, alguem pegou o celular e comecou a filmar. O chefe da operacao disse a um colega para pedir a pessoa que parasse de filmar, o policial pediu, a pessoa nao parou, ele pediu o telefone para apagar o video, a pessoa nao deu, ele levou ela em prisao sob o argumento de intimidacao. Os policiais, essa semana, foram suspensos por 3 dias sem salario, por ferirem o codigo de deontologia da corporacao. Os jornalistas locais fizeram uma chacotinha da punicao.
Em Sao Paulo, foi encontrado um motoboy morto, que foi abordado na vespera por policiais por causa de uma briga, pelo que lembro. Os policiais foram inquiridos e disseram que o motoboy agiu com ofensas aos policiais (que deveriam ter feito um registro de ocorrencia de desacato e nao fizeram), nao teve noticias do motoboy depois do encontro com os agentes da lei em questao. Mais noticias no Jornal Nacional.
Um morre o outro foi preso, nos dois casos a policia exagera, sem comparacao nas proporcoes, os dois jornais reclamam, mas nao se sabe o que vai acontecer. Sera que vai acontecer uma punicao proporcional... Os jornalistas daqui pareceram descontentes, mas nao deixaram pra la. Os do Brasil, tomara que nao esquecam tambem.
Isso nao vai atingir um tanto de gente do Brasil, entao a noticia vira historia. E completamente possivel viver assim, sem se incomodar e nao tem nada de errado. Alias em cada lugar se acha uma estrategia de sobrevivencia, e aqui existem algumas, depois dou mais noticias.

2 comentários:

Wellington disse...

saudades docês....

hehehehehhe... vai esperando que os policiais do Brasil serão severamente punidos e que os jornais não vão esquecer, não esquecem até uma notícia "melhor" aparecer.. hehehhehehe

beijão

P disse...

as competências humanas não têm fronteiras. a crueldade, a desonestidade, a indiferença... alguns exemplos do que somos capazes. e em qualquer esquina do planeta!!